E vamos falar sobre... Eu e meu amor

Decidi há muito tempo a não caminhar à sombra de alguém
Se eu fracassar ou for bem sucedida, pelo menos vivi como acreditei
Não importa o que tirarem de mim, a minha dignidade ninguém consegue...
Porque o maior amor de todos está acontecendo comigo
Eu encontrei esse amor dentro de mim mesmo
É fácil alcançar:
Aprender a amar a si mesmo é o maior amor de todos

Mulher pelada tá na moda


Pronto, agora virou moda...
Toda vez que um grupo de mulheres quer "falar" alguma coisa, alguma delas fica pelada.
E o pior, só chamam a atenção da mídia e sociedade ambas "machistas" por isso.
"Ai, quero fazer uma marcha" - tira roupa!
"Quero lutar pelos meus direitos" - tira roupa!
"Quero lançar um livro" - tira a roupa!
Tem até a tal da marcha das vadias circulando por aí
Nunca na história as modelos "piriguetes" das revistas masculinas tiveram tanta razão.
Toda vez que uma mulher se submeter a tirar a roupa para conseguir alguma coisa ou transmitir uma mensagem o mundo será ainda mais machista...
Hoje em dia a mulher independente tem o que quer.
Inclusive a liberdade de tirar a roupa para quem ela quiser sem ganhar nada em troca por isso.
Continuo achando que as mulheres que tiram a roupa para passar qualquer mensagem são as mais machistas.
Grandes mulheres do nosso século tiraram a roupa para quem elas quiseram e quando elas quiseram ou não e foram grandes mulheres por suas atitudes não nudistas coletivas; e não em atos públicos "núdicos" para ter 15 segundos de fama.
Um viva as mulheres vestidas pensantes.
A mulher que utiliza as tetas para falar o que pensa retroage.
O corpo feminino é belo.
Sua estética é transcendental.
Até o refrigerante mais famoso do mundo utiliza dos seus atributos.
E uma mulher que chama atenção utilizando o artifício acaba cometendo o mesmo pecado dos olhos que as vêem como um simples corpo bonito.
A força da mulher está na sua própria força.
Que por mais que pareça frágil e sútil é resistente como um diamante.
Nunca quis ser perfeita.
Longe de mim, fique a postura de menininha tocadora de piano.
Junto com a convenção social cega e os moldes que de tão perfeitos estragam.
Cada vez mais quero ser imperfeita.
Cada vez mais quero me encontrar.
Se os olhos do mundo me olham torto.
No espelho enxergo os meus olhando minh'alma.
Se as palavras e murmúrios atingem minhas costas.
Cada vez mais ergo a cabeça e olho para frente.
Olhos nos olhos me interessam bastante.
É na pupila dilatada que conhecemos os homens e as mulheres.
Nunca fui Maria...
Nunca fui com ninguém onde não quis.
Não é que nunca tenha errado.
Apenas escolhi errar.
O erro é o maior acerto que fizemos.
Não quero tapas nas costas, nem piedade...
Pouco me interessa na verdade o que você pensa.
Minha luta é comigo mesmo.
Pouco me interessa se me taxam de azul, branco ou amarelo.
Se sou zarolha ou banguela.
Mas para maiores informações, não sou zarolha nem banguela. Sofro de miopia e uso aparelho!
A coisa mais valiosa que tenho é minha inquietude.
Essa sim é minha verdade.
Na Estrada é um livro que foi publicado em 1957 e  um marco do movimento "beat". O livro é narrado pelo alter-ego de Kerouac, Sal Paradise, cujo impulso era colocar o pé na estrada e ver a América. Nessa jornada, ele pega carona, sobe em trens, conhece outros viajantes, luta por comida e explora temas como liberdade e nostalgia.
Quem conhece a branquinha da saga Crepusculo, vai se surpreender com a atuação da mocinha neste filme.
O filme conta também com a presença da brasileira Alice Braga, que também atuou ao lado de Will Smith em "Eu sou a Lenda"no filme.


Classificação: 16 anos
Genero: Aventura e Drama
Direção: Walter Salles

Elenco: Alice Braga, Amy Adams, Danny Morgan, Elisabeth Moss

Poema de um coração partido - Parte 2 (Por Priscilla Cardoso)


Mas agora que está tudo dito e feito, eu não consigo acreditar que você foi a único que  me construiu e depois me destruir, como uma casa velha e abandonada.
O que você disse quando partiu me deixou com frio e sem fôlego,
Eu caí tão fundo, foi bem intenso.
Acho que deixei você ter o que eu tinha de melhor...
Bem, nunca pensei que chegaríamos a esse ponto. Eu deveria ter fugido Há muito tempo atrás!
Nunca pensei que poderia acontecer isso mesmo sabendo de tal possibilidade.
Eu queria acreditar que estou melhor sem você mais do que você sabe.
Queria lentamente e devagar fingir que estou encerrando isto.
Não. Espere.
Acho que realmente acabou. Estou finalmente ficando melhor.
Agora estou juntando os pedaços, e estou passando todos esses dias colocando meu coração de volta no lugar.
Porque o dia que eu achei que eu não  superaria assim tão rápido, eu te esqueci!
Não. Espere.
Me enganei!... Não é nada disso que está acontecendo! Estou me enganando de novo, e isso dói. Ainda não superei como gostaria. Aindo sinto aquela vontade louca de te chamar de volta...
Você destruiu essas paredes e arrastou as minhas memórias corredor a fora.
Pegou suas coisas e partiu... Partiu o meu coração.
Não havia nada que eu poderia dizer.
E quando você fechou a, muitas outras se abriram e eu não entrei em nenhuma delas
Eu queria intensamente enxergar assim como meus olhos, assim como as outras pessoas, que você nunca foi o melhor pra mim!
Mas não, há algo em mim chamado emoção que fala mais alto que a razão.
Algo incontrolável e que reascendeu quando você me deu tudo aquilo que eu não recebia a tempos.
Aquilo que me fazia sorrir, gargalhar, aproveitar e usufruir...
Queria e ainda quero muito poder dizer: EU TE ESQUECI!

Poema de um coração partido
(Pro Priscilla Cardoso)

Hoje, as sombras preenchem um coração vazio e enquanto isso o amor está acabando por tudo o que fomos mas não falamos.
As cores do céu mudam e me fazem ver o modo que você me fez sentir viva e o modo que eu gostei de você           
Por todas aquelas coisas que nunca morreram e nunca irão morrer.
Eu desejo que durante a noite o amor te encontre e te faça enxergar determinadas coisas que a sua razão não foi capaz de ver.


E eis a minha proposta: Que tal agora? Que tal hoje?...
Será que eu me tornei tudo que eu estava destinada a ser?
E se o meu amor não acabar assim tão rápido?
E se o seu estiver perdido em palavras que você nunca conseguiu achar?
Eis aqui a minha proposta: Talvez o depois seja tarde demais, que tal agora?
As vez quando saio de manhã e o sol está batendo nos meus olhos, vejo que está na hora de começar um novo dia, uma nova fase, e acredito que esse meu coração partido ainda pode sobreviver com o toque de sua graça assim como o toque do sol que traz esperança a cada novo dia.
Deu ou dá uma vontade de falar: Agora que estamos aqui, que chegamos tão longe...
Apenas espere, não há nada a temer.