Pedidos de Natal...


Aos meus amigos nada peço além da companhia.

Amigos são pra isso!
Qualquer coisa além, é fartura!
À minha família peço união e amor.
Que o sangue que nos une transcenda nossas veias e crie laços inimagináveis.
Ao homem companheiro, peço amizade regada ao bom sexo.
O equilíbrio dessas duas coisas é fundamental.
Aos meus inimigos peço lealdade.
A oposição sempre existe, mas ela sempre deve ser respeitosa e leal.
Aos companheiros de copo peço fígado extra.
Nós somos muito legais para ter apenas um fígado.
Às mulheres lindas, peço que continuem lindas.
Não há nada mais gratificante ao homem do que ver uma bela mulher.
Aos homens digo o mesmo, que continuem lindos e bem humorados. O bom humor torna vocês lindo, e não a aparência.
Aos poetas e músicos peço alegria e melancolia.
Porque a vida são dois extremos; um dia agente ri, noutro agente chora.
À mim peço paciência.
Sou mais urgente que ambulância, aliás sôo igual sirene.
Ao Papai Noel peço qualquer presente de Natal.
Desde que seja com o coração.
Aos demais agradeço tudo que foi me dado, dito, pensado, imaginado e feito.
Coisas boas e coisas ruins.
Coisas que nos transformam.

Nenhum comentário: